Skip to content
February 5, 2011 / vilanoticia

Batom para cada tipo de pele

Batom, qual usar? qual a tendência, o que está na moda? O site Delas, postou uma matéria sobre dicas de tonalidades de batons, para cada tipo de pele, baseado nas famosas, confira:

Fechado, aberto, escuro ou claro. Com tantas opções de batom, fica difícil acertar na escolha da tonalidade. No Brasil especialmente para o São Paulo Fashion Week, Fatima Thomas, maquiadora sênior da M.A.C, aponta as melhores cores para cada cor de pele. Com base em fotos de famosas é possível descobrir o produto certo para você!
Tais Araújo
“Mulheres negras podem escolher tons mais profundos e intensos”
Camila Pitanga
“O tom da pele da atriz puxa para o dourado e caramelado. O ideal são os tons fechados”
Fernanda Paes Leme
“Morenas de pele clara ficam lindas com tons vermelhos, rosas com subtons azulados e laranjas intensos”
Paola Oliveira
“Loiras de pele clara e cabelos dourados ou avermelhado podem usar com facilidade tons claros e vibrantes com subtons quentes e nudes rosados ou pálidos”
Caroline Figueiredo
“Pessoas com os cabelos ruivos e pele clara ficam bem com cores de fundo laranja” 
Fonte: IG Delas

February 4, 2011 / vilanoticia

Novidade Rmm – Programa Top de Linha

   O Rmm em busca  de unir boa informação e qualidade para nossas leitora, agora vai contar com um parceiro de peso, PROGRAMA TOP DE LINHA.

Isso mesmo meninas, agora todo sábado você confere aqui no Rmm, o Programa Top de Linha, apresentado por Ana Clara Rocha.
TOP DE LINHA: 
         O Programa é apresentado por Ana Clara Rocha , que já faz parte do cenário nacional e internacional da mídia televisiva . Os temas abordados no programa são: saúde, moda, beleza , entretenimento, sociedade , esporte , comportamento e informações do mundo, Brasil e principalmente, Ceará.
         Tentamos unir novidade e ousadia mostrando uma inovação na televisão cearense.
         É apresentado todos os sábados ás 7:30 horas, na TV Band, canal 20 e pela Net, canal 13.

Quadros do Programa:

* BRILHO PRÓPRIO
O programa Top de Linha comenta sobre o mundo da beleza e do bem-estar. Fala sobre tudo que é voltado à beleza do corpo e da mente. Relata além de tudo a vida da personalidade entrevistada como ela galgou para vencer.

* MESTRE CUCA
Momento onde a gastronomia é destaque em um quadro dinâmico, explicativo e divertido. Onde um Chef faz maravilhas na cozinha.

* ZOADA
Cobertura dos melhores e maiores eventos da Cidade. Além de eventos culturais, teatro e exposições.

 * TENDÊNCIAS
Um quadro voltado às novidades e tendências do mundo moderno.

* TOP SAÚDE
O programa Top de Linha acompanha a rotina de profissionais da área de saúde, trazendo assim, novidades, tecnologias e todos os pontos importantes da saúde para informar o público.


Então meninas, conto com vocês, todo sábado ás 07:30hs, na Band, canal 20 e Net 13, Programa Top de Linha, e aqui no Rmm, a partir das 08:00hs.

February 3, 2011 / vilanoticia

Lingerie dos sonhos

” Nossa vontade é falar de amor. Então a Robia juntou corações, doces, desejos, com tudo mais que a gente ama e quer bem e criou “Coisas que eu amo“,  uma coleção feita com muito carinho pra você se apaixonar. O colorido das estampas exclusivas e a leveza dos tecidos refletem toda beleza da primavera. A coleção traz peças leves, versáteis e com uma abordagem ousada já comum a marca. Trazendo muita cor a coleção com a mistura de tons rosados, lilases, azuis e branco. A modelagem e bojos seguem as mais novas tendências e tecnologia para proporcionar mais conforto para o dia-a-dia.”
Alynne Morais – Dep. Marketing.

Idealizada a partir da união e do empreendedorismo do casal Francisco Valcilon Rocha e Rozenubia Praciano Rocha, a Robia é hoje uma das maiores marcas de lingerie do Brasil. No mercado desde 1988, ela conta com um parque industrial em Fortaleza (CE) e gera empregos diretos e indiretos na região. 
Inicialmente focada na venda indireta, através de revendedores, com venda diretamente da fábrica, no bairro Quintino Cunha, a Robia conquistou tanto lojistas quanto consumidores finais de todo o Brasil, o que possibilitou a expansão de suas lojas pela cidade, ampliando cada vez mais a atuação tanto na venda no atacado quanto no varejo. 

Hoje, a Robia possui 5 lojas, sendo:
– Loja da fabrica, desde julho de 2001;
– Jockey Clube, desde setembro 2002;
– Parquelândia, desde novembro de 2003;
– Maraponga Mart Moda, desde outubro de 2004;
– Monsenhor Tabosa, desde julho de 2005;
– Shopping Sul, desde maio de 2009;

Os grandes segredos do sucesso da marca são a alta qualidade da matéria-prima, o rigoroso controle de qualidade de seus produtos, a sintonia com as últimas tendências da moda íntima mundial e, é claro, o alto nível dos profissionais envolvidos.
Na busca por oferecer sempre novidades ao consumidor final a cada coleção, a Robia tem ido além do conceito habitual de lingerie, aproximando-se cada vez mais das tendências de moda e diversificando seu produto. Hoje a Robia produz além da lingerie básica, que continua fazendo bastante sucesso, conjuntos trabalhados com renda, estampas e demais acessórios, vestidos, corselets, etc. Ou seja, a Robia é hoje mais do que moda íntima, é moda inwear e outwear. Moda para todas as ocasiões.

Rocha aponta quatro pontos fundamentais para o sucesso:
“Buscar a benção de Deus
Ter uma grande esposa ao lado
Cativar os clientes com honestidade
Ser honesto com os seus fornecedores.”
(Rocha)

COLEÇÃO

O tema da mais nova coleção da Robia foi inspirado na nova forma de se ver o mundo, impulsionada pela percepção do espaço e do tempo, decorrente dos avanços tecnológicos, nos meios de transporte e comunicação e seus efeitos sobre a identidade cultural.
O imediatismo e a intensidade com que somos confrontados no dia-a-dia, criam um mundo fragmentado que resulta numa liberdade de identificação, precisamos ser livres para sermos felizes e é acreditando nisso que a Robia apresenta essa coleção que te leva a uma liberdade a caminho da felicidade.

Confira agora a nova coleção:



Robia Lingerie – http://www.robia.com.br
 (85) 3479.8595
February 3, 2011 / vilanoticia

Sexo na gravidez: tirando dúvidas

Com a chegada do bebê as preocupações vão se acumulando em torno das novas mamães e papais. Surgem perguntas de todos os tipos, desde a alimentação adequada da mãe para melhor nutrição do feto, até se é seguro e correto a prática sexual no período da gestação.


Mas onde muitos casais pecam, na hora de viver um pouco seu momento a dois durante a gestação, é quando se trata de sexo. Tanto as mamães quanto os papais se sentem inseguros nessas horas, como se fosse uma segunda “primeira vez”. E com todo esse nervosismo aflorado, futuros papais e mamães se enchem de dúvidas, e os questionamentos mais recorrentes são:

1. Será que vai machucar? – Uma das mudanças no corpo da mulher durante os nove meses de gravidez, é que a região da vagina fica mais sensível por causa da maior vascularização da área, o que não pode haver é dor persistente, mas com muito carinho e cuidado a penetração não vai ser incômoda.

2. Será que ELA quer? – Muitos dos parceiros se preocupam com as futuras mamães, com o medo de causar incômodo, dor hora da penetração , e mais, de que o pênis seja capaz de machucar o bebê. Mas isso não será possível se o sexo for tranqüilo, e nas primeiras investidas ser cauteloso, para que ambos se acostumem com o novo ritmo e as novas sensações.

3. Será que ELE quer? – As mudanças no corpo da gestante podem trazer muitas duvidas, fazendo-as se sentirem menos desejadas, podendo também causar uma diminuição da libido da mulher, e é onde novamente é preciso compreensão do parceiro, por ser uma fase extremamente delicada e cheia de transições hormonais e sentimentais. O que não se percebe é que nesse período, ambos estão apreensivos e nada que uma conversa e carícias, afinal a penetração não é o único meio de prazer, não deem uma resposta a toda essa dúvida.

4. Que posições são mais confortáveis? – A resposta para essa pergunta só quem poderá dar é o casal, pois vai variar de acordo com as preferências e limitações que a grávida vai percebendo. E é certo que a prática leva ao orgasmo.

5. Pode praticar o sexo até que período? – Há divergências entre as opiniões de especialistas, mas a mais recomendada é a abstinência apenas na última semana de gestação e de 4 a 6 semanas após o parto.

O momento vivido pela mulher, como também pelo homem, que se veem na posição de se tornarem pais, acarreta na grande carga de responsabilidade, e esse é um dos principais motivos para que todas as perguntas sejam formuladas. A vontade que cada um tem de transformar o mundo, num mundo melhor no prazo de 9 meses, até a tão esperada chegada do bebê, faz com que o casal fique mais atento e receoso.

Sendo assim, esses questionamentos são naturais e saudáveis, se as dúvidas persistirem é sempre bom consultar um(a) ginecologista, ele mais do que ninguém saberá ajudar e acompanhar todo o desenvolvimento do casal, assim como do próprio bebê.

“Estar grávida, acima de tudo é um estado de espírito, se você conseguir se sentir plena, 99% dos seus problemas estão resolvidos, as novas descobertas devem ser feitas junto com o seu parceiro e sempre que possível estar com uma opinião médica. Cada dia, até o dia do nascimento do bebê, deve ser valorizado e especial para todos, não se pode esquecer de viver o seu momento. Sexo é bom e faz bem antes, durante e depois”, diz Maria do Carmo C. Freitas, mãe de 3 filhos e casada a mais de 26 anos.

Colunista: Letícia Maranhão  |  blog pessoal: blogimaginarium.blogspot.com

February 2, 2011 / vilanoticia

Filhos x Trabalho

O caminho do sucesso no mundo dos negócios é tortuoso para homens e mulheres, mas elas são obrigadas a enfrentar alguns obstáculos a mais. Um desses obstáculos está ligado à ascensão profissional. As pesquisas feitas sobre o assunto mostram que, se os cargos ocupados pelas mulheres numa companhia fossem distribuídos numa pirâmide, eles apareceriam em maior número na base da organização do que no topo.
Um dos motivos é a MATERNIDADE, obstáculo real que interfere no desempenho das mulheres nas empresas. Até algum tempo atrás, um homem certamente roubaria a vaga de uma candidata jovem, que tem possibilidade de ficar grávida. Hoje em dia, nenhuma companhia séria cortaria da folha de pagamento uma profissional promissora apenas porque ela ficou grávida. Acontece que, se a funcionária não é tão promissora assim, a maternidade pode ser um problema. Embora as empresas declarem que avaliam a profissional por seu desempenho como um todo e não pelo que deixará de fazer temporariamente durante a licença-maternidade, as mulheres precisam estar preparadas para enfrentar essa discussão quando – ou se – chegar a hora.

A questão central é que o embate entre a maternidade e a profissão acontece antes de mais nada na cabeça da própria mãe. E demora a ser solucionado. O primeiro problema aparece no momento em que a funcionária precisa contar ao chefe que ficou grávida. Durante essa conversa, muitas vezes ela cai em prantos. “Elas se culpam por ficar grávidas, como se estivessem admitindo que a partir daquele momento não serão mais as mesmas funcionárias”, diz a psicanalista Magdalena Ramos, de São Paulo. Mostram os estudos que a mulher grávida faz duas promessas que acredita ser capaz de cumprir. Uma em casa, sem que tenha sido cobrada a fazê-la, informando que ninguém vai notar que ela trabalha fora. Faz ainda uma segunda promessa no trabalho, deixando claro ao chefe que ele não vai notar que agora ela virou mãe. “E, como é de esperar, fica difícil desempenhar os dois papéis integralmente”, afirma a antropóloga Rosiska Darcy de Oliveira.
Não é apenas a gravidez que preocupa as empresas. Uma pesquisa recente feita com empresários paulistas mostrou que cerca de 40% dos patrões ainda encaram a maternidade como um problema. Repare: maternidade, palavra usada para definir a condição de quem é mãe, não se encerra logo após a licença de quatro meses. Ela continua para o resto da vida. Sob a ótica das empresas, há uma espécie de hierarquia velada na preferência por certos tipos de funcionário. Homens levam vantagem. As empresas costumam considerá-los permanentemente disponíveis, dispostos a concordar com transferências de cidade e horas extras sem titubear. Em segundo lugar na escala não escrita das prioridades surgem as solteiras – que a cada dia crescem na preferência dos patrões. Em terceiro lugar estão elas, as mães, com a maior carga de empecilhos. “Por teoricamente não terem disponibilidade para horários alternativos e viagens, elas são as menos elegíveis para uma promoção”, afirma Paulo Celso de Toledo Júnior, sócio da consultoria Konsult, em São Paulo.
É impossível negar que a maternidade muda a vida de uma mulher. Muda suas relações com o marido, com os parentes, suas prioridades. Por que não mudaria sua forma de enxergar a vida profissional?Por essa razão muitas mulheres estão ADIANDO o seu momento mãe, para elas está como prioridade ascensão profissional, estabilidade financeira e posteriormente a maternidade.Resultado dissoo número de mulheres que trabalham no Brasil aumentou 180% nos últimos vinte anos.
February 1, 2011 / vilanoticia

Corrida para o carnaval – Bumbum em dia

Desfilar com a pele bronzeada e com um bumbum impecável é o sonho de consumo do time das mulheres no verão. Faltam 35 dias para o carnaval, mas ainda dá tempo de fazer um plano de ação intensivo para se tornar a rainha da praia na estação mais quente do ano.


Durante estes 35 dias, o Rmm estará lançando a campanha – Corrida para o carnaval Rmm, onde diariamente vamos postar dicas para cuidar do corpitcho para chegar no carnaval, arrasando.
Então fiquem conectadas com o Rmm, e depois de todas as dicas, quero ver os resultados, ok?
Para começar, vamos ver as dicas de como malhar pra aumentar o bumbum, a paixão brasileira, confira:

February 1, 2011 / vilanoticia

Beijinho, beijinho… tchau, tchau

O filme Sexo sem Compromisso estréia dia 25 de fevereiro, mas já levanta uma temática muito bacana, o sexo casual.

Sexo sem compromisso, agora é moda. Nas relações amorosas, sabe-se desde sempre, mulher é louca por um compromisso. Mas, enquanto o parceiro ideal não chega, cada vez mais moças estão aderindo a uma prática que já foi exclusiva dos homens: o sexo casual, do tipo uma vez só e adeus. No universo feminino, sexo sem compromisso (definição: você não só não espera um telefonema no dia seguinte como foge dele) virou algo mais generalizado do que em qualquer época anterior, ocorre em qualquer faixa de idade e é praticado de maneira muito mais aberta – inclusive, discutido com as amigas que também fazem. Ao contrário dos anos 70, quando, no auge do movimento hippie e antes do fulminante advento da Aids, o celebrado amor livre era comportamento restrito a grupos alternativos, hoje é atitude que permeia todas as tribos, de punks a esportistas, de clubbers a patricinhas.


TRAILER DO FILME – SEXO SEM COMPROMISSO:

Mas cuidado mulheres, antes de sair transando com o povo pro aí, é fundamental saber as vantagens e desvantagens, e isso você conferi agora:

Sexo Casual 

Ponto 1:
Vantagens: Você escolhe quando, como e claro com quem
Desvantagens: Transar com o cara achando que ele cairá de amores por você, só aumenta a sensação de vazio no dia seguinte.

Ponto 2:
Vantagens: Você fica mais à vontade para se preocupar (bem) mais com o seu prazer do que com o do parceiro. E, se for um amigo, o lado bom é que ele já sabe “o seu gosto”
Desvantagens: Você fica mais à vontade para se preocupar (bem) mais com o seu prazer do que com o do parceiro. E, se for um amigo, o lado bom é que ele já sabe “o seu gosto”.

Ponto 3:
Vantagens: O sexo casual possibilita que experimente mais e, com isso, tenha mais parâmetros  para avaliar do que gosta e o que não a agrada na cama
Desvantagens: Por desconhecer o rapaz, pode acabar nas mãos de um louco

Antes de seguir adiante, reflita se está mesmo pronta para encarar o antes, durante e depois dessa brincadeira!

· É preciso saber exatamente o que cada encontro significa para você. É só pelo prazer? Ótimo. O rapaz pode, sim, ser o grande amor da sua vida, mas não tope o programa pensando nisso.

· Seja sincera consigo mesma. Não é vergonha transar com um desconhecido – tanto quanto não é careta não gostar da prática. Ruim mesmo é se entregar a um estranho por outros motivos que não simplesmente o sexo e se arrepender no dia seguinte.

· Quem faz algo que a sociedade, de modo geral, recrimina, tem de segurar a barra do preconceito. Algumas pessoas podem desrespeitá-la e você precisa estar preparada para responder à altura. Para isso, necessita estar bem consigo mesma e com sua opção.

Proteja-se!

Se conheceu alguém, fique esperta e siga as dicas para não entrar numa fria:

– Não aceite uma bebida do cara, por mais legal que ele seja.

– Atenção se estiver embriagada (mesmo que levemente): com sentidos e reflexos alterados,
você se torna mais frágil. E o oposto vale para os moços – bêbados, tendem à agressão.

– Na frente dele, informe a uma amiga para onde estão indo. Se possível, peça que ela anote a placa do carro e o telefone do rapaz.

– Camisinha sempre! Ande com várias na bolsa.

– Se estiver com um estranho, vá para um motel. Se algo der errado, há pessoas para ajudá-la.

– Beijos muito agressivos podem indicar sexo igualmente brusco.

– Seu corpo, sua escolha. Não hesite em desistir se perceber que entrou numa fria.

Fonte de pesquisa: Época, Vivamais, Marie Claire.