Skip to content
August 16, 2010 / vilanoticia

Tipos de saia para cada tipo de corpo

Para a mulherada estar sempre informada e saber que saia pode ou não usar, abaixo dicas de saia para cada tipo de corpo, aproveitem:

Quando o verão começa a se aproximar, as mulheres querem mais é deixar as pernas de fora para aliviar o calor. As peças curtas fazem sucesso nos dias mais quentes, entre elas, a saia, que depois do vestido, é a peça mais feminina do guarda-roupa.
Mas como qualquer outra peça de roupa, cada corte ou modelagem fica mais adequada a determinados tipos de corpo e, para valorizar as formas, independente do porte físico, é preciso escolher o modelo certo.

O modelo mais clássico, sem dúvidas, é a saia lápis. Ela tem um corte reto e bem ajustado, e por isso não são indicadas para mulheres de quadris largos. Aquelas que possuem uma silhueta de “triângulo invertido” (ombros largos e quadris estreitos) podem usar o modelo, embora existam outros que favorecem melhor esse tipo de corpo. Mulheres com medidas semelhantes no busto e no quadril, e sem cintura definida, podem abusar do modelo, especialmente os de cós mais alto. Dessa forma, a saia marca a silhueta na cintura, criando ilusão de curvas bem definidas e deixando o corpo mais feminino. É um modelo que fica melhor em mulheres magras; gordinhas devem passar longe da saia-lápis, porque ela marca bastante o corpo.

Outro modelo muito comum é o da saia godê. Ela se caracteriza por um caimento mais fluido, formando franzidos. Geralmente, cria um certo volume na parte inferior do corpo, o que as torna ideais para mulheres de quadris estreitos e ombros largos, já que, assim, equilibra a silhueta. Ela também é liberada para aquelas de corpo ampulheta, que aceita quase todos os tipos de modelagem. Quem tem coxas grossas e quadris largos pode apostar no modelo, desde que não seja tão volumoso. Por ser mais solta, disfarça medidas maiores.
 

As mulheres com quadris mais largos podem apostar sem medo na saia evasê. Com uma silhueta A e um corte mais reto que a godê, esse modelo é mais afastado do corpo, porém, sem criar volumes, ajudando a disfarçar as medidas nesta região. A saia evasê, aliás, tem a modelagem mais democrática: equilibra a silhueta do triângulo invertido, demarca a cintura e dá um efeito de quadril aos corpos retangulares e também fica ótimo em corpos cheios de curvas. Quem está acima do peso pode apostar nas saias evasê, mas deve escolher modelos sem pregas e um pouco mais retos, para não criar volumes visuais. Prefira os modelos mais compridos, próximos ao joelho, caso as coxas sejam grossas.
 

Queridinha entre as mais jovens, a saia balonê é aquela toda franzida, e com volume abalonado. Ela é responsável por criar um considerável volume na parte de baixo do corpo, e por isso é indicada para mulheres de formas retangulares, criando a ilusão de curvas. O mesmo vale para o triângulo invertido. Mulheres com corpo curvilíneo estão liberadas, desde que não tenham quadris e coxas volumosos. Essa é uma saia bem difícil de ser usada, pois valoriza pouquíssimos tipos físicos. Ela achata o corpo, por isso deve ser evitada pelas baixinhas. Quem está acima do peso deve passar longe da saia balonê.
As saias de modelo clochard são ideais para mulheres baixinhas e magras. A cintura alta ajuda quem quer alongar a silhueta. Ela não é recomendada para quem tem um bumbum avantajado e coxas grossas, porque cria volumes nessa região.
 

As saias abauladas, de modelagem tulipa ou ovo, é volumosa a partir da cintura e fica mais estreita na barra. A parte superior conta com pregas e franzidos, e é reta na parte de baixo. Desde que não tenham quadris e seios volumosos, mulheres de corpo ampulheta podem apostar no modelo. Caso contrário, é melhor evitar; as saias abauladas tendem a arredondar as laterais dos quadris, criando curvas, o que pode dar um efeito exagerado ao visual. Para os corpos retangulares ela é perfeita, porque dá volumes ao quadril e dá a impressão de formas mais curvilíneas. Entretanto, se estiver acima do peso, e melhor esquecer, porque a saia tulipa acrescenta certo volume no abdômen. Quem tem os quadris largos e coxas volumosas deve evitar.
 

Para o verão 2010 a grande aposta são as micro saias, mas esses modelos curtíssimos só são permitidos para as mulheres magras de coxas finas, caso contrário, podem criar um aspecto vulgar. Mulheres com coxas mais grossas devem ficar com a mini, com cerca de 35 centímetros de comprimento. Acima dos 40, o ideal é evitar mostrar as coxas, a não ser que esteja com o corpo em dia e as pernas bem torneadas.

Depois de todas essas dicas, é só escolher a sua e aproveitar o verão… E o inverno também, por que não? As apaixonadas por saias podem apostar na peça até mesmo nas temporadas frias, basta selecionar uma meia-calça bem quentinha e arrasar na produção!

Por: Manuela Cordeiro – Portaisdamoda.com.br
DICAS DE GLÓRIA KALIL:
http://www.youtube.com/watch?v=sbbcB_KxvPc&feature=channel

One Comment

Leave a Comment
  1. Cat Woman / Jan 28 2011 6:54 pm

    Adorei essas dicas de saias!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: