Skip to content
February 1, 2011 / vilanoticia

Beijinho, beijinho… tchau, tchau

O filme Sexo sem Compromisso estréia dia 25 de fevereiro, mas já levanta uma temática muito bacana, o sexo casual.

Sexo sem compromisso, agora é moda. Nas relações amorosas, sabe-se desde sempre, mulher é louca por um compromisso. Mas, enquanto o parceiro ideal não chega, cada vez mais moças estão aderindo a uma prática que já foi exclusiva dos homens: o sexo casual, do tipo uma vez só e adeus. No universo feminino, sexo sem compromisso (definição: você não só não espera um telefonema no dia seguinte como foge dele) virou algo mais generalizado do que em qualquer época anterior, ocorre em qualquer faixa de idade e é praticado de maneira muito mais aberta – inclusive, discutido com as amigas que também fazem. Ao contrário dos anos 70, quando, no auge do movimento hippie e antes do fulminante advento da Aids, o celebrado amor livre era comportamento restrito a grupos alternativos, hoje é atitude que permeia todas as tribos, de punks a esportistas, de clubbers a patricinhas.


TRAILER DO FILME – SEXO SEM COMPROMISSO:

Mas cuidado mulheres, antes de sair transando com o povo pro aí, é fundamental saber as vantagens e desvantagens, e isso você conferi agora:

Sexo Casual 

Ponto 1:
Vantagens: Você escolhe quando, como e claro com quem
Desvantagens: Transar com o cara achando que ele cairá de amores por você, só aumenta a sensação de vazio no dia seguinte.

Ponto 2:
Vantagens: Você fica mais à vontade para se preocupar (bem) mais com o seu prazer do que com o do parceiro. E, se for um amigo, o lado bom é que ele já sabe “o seu gosto”
Desvantagens: Você fica mais à vontade para se preocupar (bem) mais com o seu prazer do que com o do parceiro. E, se for um amigo, o lado bom é que ele já sabe “o seu gosto”.

Ponto 3:
Vantagens: O sexo casual possibilita que experimente mais e, com isso, tenha mais parâmetros  para avaliar do que gosta e o que não a agrada na cama
Desvantagens: Por desconhecer o rapaz, pode acabar nas mãos de um louco

Antes de seguir adiante, reflita se está mesmo pronta para encarar o antes, durante e depois dessa brincadeira!

· É preciso saber exatamente o que cada encontro significa para você. É só pelo prazer? Ótimo. O rapaz pode, sim, ser o grande amor da sua vida, mas não tope o programa pensando nisso.

· Seja sincera consigo mesma. Não é vergonha transar com um desconhecido – tanto quanto não é careta não gostar da prática. Ruim mesmo é se entregar a um estranho por outros motivos que não simplesmente o sexo e se arrepender no dia seguinte.

· Quem faz algo que a sociedade, de modo geral, recrimina, tem de segurar a barra do preconceito. Algumas pessoas podem desrespeitá-la e você precisa estar preparada para responder à altura. Para isso, necessita estar bem consigo mesma e com sua opção.

Proteja-se!

Se conheceu alguém, fique esperta e siga as dicas para não entrar numa fria:

– Não aceite uma bebida do cara, por mais legal que ele seja.

– Atenção se estiver embriagada (mesmo que levemente): com sentidos e reflexos alterados,
você se torna mais frágil. E o oposto vale para os moços – bêbados, tendem à agressão.

– Na frente dele, informe a uma amiga para onde estão indo. Se possível, peça que ela anote a placa do carro e o telefone do rapaz.

– Camisinha sempre! Ande com várias na bolsa.

– Se estiver com um estranho, vá para um motel. Se algo der errado, há pessoas para ajudá-la.

– Beijos muito agressivos podem indicar sexo igualmente brusco.

– Seu corpo, sua escolha. Não hesite em desistir se perceber que entrou numa fria.

Fonte de pesquisa: Época, Vivamais, Marie Claire.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: